Daniela Alves é Mestre em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Formada em Relações Internacionais. É Diretora do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e atua como Editora-Chefe voluntária do CEIRI NEWSPAPER. Em 2020 atuou como Coordenadora Executiva do Programa de Governo do candidato Andrea Matarazzo para a Prefeitura de São Paulo.

Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, South Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED). Ainda na BRICS-PED foi CEO da Câmara Bilateral Brasil-Rússia.

Em 2011 foi vencedora (Primeiro Lugar) do Prêmio Libertas (promovido pelo Ministério da Justiça em parceria com o Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime -UNODC-) com o trabalho: O Tráfico de Pessoas para Remoção de Órgãos: De Palermo a Istambul.

Em 2012 foi vencedora do Prêmio TOYP (The Outstanding Young Persons) Brasil na categoria contribuição às Crianças, aos Direitos Humanos e a Paz Mundial.

Ainda em 2012, foi palestrante no Fórum Women In Leadership realizado em Shanghai, China, onde palestrou para autoridades da Ásia e do Oriente Médio sobre as perspectivas econômicas para as mulheres no BRICS (Brasil, Rússia, India, China e África do Sul), ressaltando também a questão do tráfico de mulheres.

Em 2010 foi convidada pelo Ministério Público de Goiás a palestrar no Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado de Goiás (NEPT-GO) sobre “Tráfico de Pessoas para fins de remoção de órgãos” em colóquio sobre TRAFICO DE PESSOAS NO ESTADO DE GOIÁS, participando também da mesa de debates com o representante do Ministério da Justiça, Eduardo Nepomuceno, e o representante do Ministério da Saúde, Cid Roberto Bertozzo Pimentel.

Entre 2008 e início de 2009 trabalhou junto à Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo (SMTrab-SP), sendo responsável pela elaboração de relatórios sobre o andamento dos projetos com financiamento internacional e a interlocução entre a SMTrab e as Organizações Internacionais.

Foi conferencista no “Primer Congreso Latinoamericano Sobre Trata y Trafico de Personas” ,  com a ponencia titulada “Desafios de la Comunidad Latinoamericana en el Combate a la Trata de Seres Humanos: Integrando Capacidades”, realizado na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires (2008).

Em 2008, ministrou aula sobre “O Combate ao Tráfico de Seres Humanos: As ações do BID e do UNDOC” no curso do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (NUPRI-USP) sobre “A Cooperação Internacional para o Desenvolvimento: Gestão do Ciclo do Projeto”. Neste mesmo período ministrou capacitações e apresentou diversos seminários sobre Tráfico de Seres Humanos, além de ter criado um blog (http://blogdanielaalves.wordpress.com) com a finalidade de ser um ponto de encontro, reflexão e informação entre aqueles que trabalham na prevenção e no combate ao Tráfico de Seres Humanos.

Em 2007 trabalhou junto à Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de São Paulo, realizando busca de convocatórias e formulação de projetos para diversos financiadores nacionais e internacionais, como: AECI, JICA, GTZ (atual GIZ), CIDA, BID, FUMIN entre outras agências de fomento ao desenvolvimento e cooperação. Ademais, foi responsável pela elaboração dos Relatórios de Acompanhamento e Avaliação dos Convênios Internacionais com a FAO e AECID.

Como professora visitante (2007) na Faculdade da Serra Gaúcha (Caxias do Sul – Rio Grande do Sul) ministrou aula sobre o Tráfico Internacional de Seres Humanos, no curso de especialização em Segurança Pública (Lato Sensu).

Ministrou palestras e capacitações em várias cidades do Brasil.

Em 2007 foi uma das ganhadoras do Prêmio Experiências comparativas em boas práticas, políticas públicas e desenvolvimento econômico local da Rede Internacional de Desenvolvimento Econômico Local e Comunitário.

Tem experiência na área de Relações Internacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: relações Brasil-Espanha, cooperação internacional para o desenvolvimento, desenvolvimento local, migrações, exploração sexual, tráfico internacional de seres humanos, tráfico de órgãos.