As polícias do Brasil vão oferecer cursos de capacitação para policiais de seis países africanos de língua portuguesa. O convênio foi firmado hoje, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, durante a I Cimeira – Polícias Judiciárias e científicas dos Países da Língua Portuguesa.

O evento reúne, hoje e amanhã, paralelamente ao Fórum Internacional de Justiça (FOR-JVS 2008), representantes das polícias do Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, São Tomé e Princípe e Timor Leste. O encontro acontece auditório Pedro de Medeiros.

Segundo o presidente da Cimeira I e da Fundação Polícia Federal de Apoio ao Ensino e à Pesquisa, Geraldo Bertolo, a PF e a Polícia Militar de Minas Gerais e do Ceará vão capacitar policiais militares dos países africanos.

A primeira turma será capacitada na Academia da Polícia Federal em Brasília. Serão 40 vagas, sendo 20 para Guiné Bissau e 20 distribuídas entre outros cinco países. Amanhã, segundo Bertolo, será debatida a educação a distância para capacitar, do Brasil, os policiais do continente africano.

Brasil e Portugal já possuem parceria e realizam intercâmbio para capacitar e trocar experiências entre as polícias. Apesar dos modelos policiais não serem iguais, ele destacou que não inviabilizam a parceria, já que a atuação tem as mesmas finalidades: preventiva e investigativa.

Fonte: Portal AL

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.