O Itamaraty prepara um guia para orientar e prestar apoio às vítimas de redes de prostituição e tráfico de pessoas que se encontrem no exterior e desejem retornar ao país, informou nesta quarta-feira a Agência Brasil.

Segundo a Agência, o Ministério das Relações Exteriores está elaborando uma cartilha chamada Guia de Retorno ao Brasil, que será lançada nas próximas três semanas, com informações sobre oportunidades de emprego no Brasil e alternativas para as pessoas que tenham sido vítimas dessas redes e estejam tentando voltar ao país.

“O importante é dar assistência a essas pessoas, mostrar que há alternativas de emprego e oportunidades”, disse a chefe da Divisão de Assistência Consular do Itamaraty, Luiza Lopes Ribeiro da Silva.

“O objetivo é que aqueles que queiram voltar sintam que têm amparo e oportunidade no Brasil”, acrescentou.

O material, editado em inglês e português, estará disponível em todos os consulados do Brasil no exterior.

Apesar de não existir um levantamento preciso sobre o número de brasileiros explorados por máfias de prostituição, trabalhos forçados ou tráfico de pessoas, um relatório do Itamaraty revela que as vítimas são atraídas com a promessa de emprego e os destinos mais frequentes são Portugal, Espanha, Suíça e Holanda.

O anúncio do lançamento do guia chega um dia depois de a Polícia espanhola informar a desarticulação de uma rede de exploração sexual de homens brasileiros que ficavam à disposição da quadrilha 24 horas por dia usando drogas e estimulantes sexuais.

Fonte; http://www.folhape.com.br/index.php/noticias-geral/588447?task=view

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.