Brasília, 1º/06/2011 – Com o objetivo de alertar a população sobre o tráfico de pessoas no Brasil e no exterior, o Ministério da Justiça apoia a campanha “A decisão de viajar é sua: as consequências também! Seus direitos viajam com você aonde quer que você vá!”, realizada pelo International Centre for Migration Policy Development (ICMPD).

Uma parceria entre Secretaria Nacional de Justiça (SNJ) do MJ, Polícia Federal e o ICMPD, a campanha consiste na distribuição de materiais informativos para alertar sobre os perigos e consequências do tráfico de pessoas. Os folders e cartazes serão distribuídos em todos os postos de emissão de passaportes da PF.

No folheto, além de informações e dicas de como se prevenir do crime, também constam contatos de organizações que prestam apoio a vítimas deste tipo de violência na Europa, endereços de sites e um manual de prevenção ao tráfico.

Pesquisa

Na semana passada, durante um seminário sobre tráfico de pessoas, em Brasília, o ICMPD divulgou pesquisa sobre o perfil das vítimas traficadas – geralmente elas possuem baixa escolaridade, têm entre 20 e 30 anos e expectativa reduzida de mobilidade social. O estudo mostra ainda a situação das transexuais traficadas que sofrem discriminação e, por isso, enxergam na prostituição a única maneira de garantir uma remuneração razoável. Segundo a pesquisa, a Europa é o principal destino das transexuais brasileiras.

Fonte: http://portal.mj.gov.br/data/Pages/MJ7CBDB5BEITEMIDCCAEB14857DF45F98B13B141A93ACD97PTBRNN.htm

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.