O Ministério da Saúde da China penalizou três hospitais por vender órgãos humanos a estrangeiros, noticia neste sábado a revista chinesa financeira Caijing Magazine, citando o ministro interino, Huang Jiefu. Este não identificou os três hospitais ou médicos envolvidos nos casos de transplantes ilegais ou as penalidades que sofreram.

Mas, Huang, que está em um encontro nacional de medicina, advertiu que as licenças médicas dos infratores serão revogadas. Os transplantes de órgãos são permitidos na China entre familiares, mas a venda é muito comum devido à escassez de doações, noticia a revista. Estatísticas oficiais mostram que cerca de 1,5 milhão de pessoas precisam de transplantes de órgãos por ano no país, mas apenas 10 mil órgãos estão disponíveis.

Huang não revelou o número de hospitais chineses com a capacidade de realizar transplantes de órgãos, mas disse que o ministério não entregaria novas licenças este ano, devido à falta de doações.

Fonte: O Globo

One thought on “China penaliza hospitais por tráfico de órgãos”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.