Campo Grande será a capital internacional de combate ao crime organizado. De 15 a 17 deste mês a cidade vai reunir representantes de mais de 40 países durante o Fórum Internacional de Justiça (o FOR-JVS, International Fórum of Justice) em sua 4º versão anual consecutiva. Eles vão discutir, trocar informações e assinar convênios sobre temas como: crime organizado, narcotráfico, lavagem de dinheiro, pedofilia, tráfico de crianças e adolescentes, terrorismo, processo e código penal e direitos humanos (direito comparado).

O FOR-JVS será no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo e terá como palestrantes as seguintes autoridades: Carlos Veloso, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal – STF e presidente de honra do FOR-JVS 2008, Brasil; José Antonio Henrique dos Santos Cabral, Ministro do Supremo Tribunal de Justiça de Portugal; Basrbara Berman, Chefe do Programa de Contraterrorismo da (OPDAT) – Agência para o Desenvolvimento, Assistência e Treinamento de Procuradores Estrangeiros no Combate ao Terrorismo – EUA; Antônio Patrono, Conselho Superior da Magistratura da Itália – Ex-diretor geral do Servizio Nazionaale Antimafia – Itália;

Adel Omar Sherif, Suprema Corte Constitucional do Egito; Alan Lambert, Consultor de Inteligência Financeira – detetive – Inglaterra (RU); Anaabela Miranda Rodrigues, diretora geral do CEJ – Centro de Estudos Judiciários – Portugal; Diana de Martino, Procuradora da República Italiana – Coordenadora do Depto de Repressão ao Crime Organizado – Roma – Itália; Aykut Cengiz Engin, Promotor Chefe de Istambul – Turquia;

David Brassanini, Adido do FBI – Federal Bureau of Investigastion – EUA; Orlando Afonso, desembargador português, vice presidente do Conselho Superior de Juízes Europeus – Portugal; Fletcher Baldwin, jr, diretor do Centro para Estudos de Crimes Financeiros Internacionais – Washington DC EUA – professor Chesterfield Smith de Direito, Levin College of Law, University of Flórida;

Odilon de Oliveira, Juiz Federal – Vara da Lavagem de Dinheiro e Crimes Financeiros – MS/Brasil; Honorable Mervin J. Garbis, Juiz Federal – United States – EUA; Coronel Enrico Cataldi, Vice-Comandante Carabinieri Regione Lazio – Chefe ROS/Divisão Anti-Terrorismo – Itália; Karine Moreno Taxman, Procuradora Federal da Divisão Criminal – Departamento de Justiça DOJ – EUA; Pedro do Carmo, procurador adjunto , Director Nacional –Adjunto da Diretoria Nacional da Polícia Judiciária – Portugal; Pierre St Hilaire, DOJ – Departamento de Justiça – Divisão de Segurança Nacional – Sessão de Contraterrorismo – EUA e William Keating, ATF – Bureau of Alcohol, Tobacco and Firearms – EUA.

Parte Cultural

De acordo com secretário geral e idealizador do FOR-JVS, jornalista Luiz Maurício, o evento contará também com uma programação cultural paralela, incluindo um ciclo de cinema, onde serão apresentados filmes com o tema “O estereótipo do investigador criminal”, “Combate ao crime organizado” e “Vídeo documentário: “O Mito Enclausurado'” cujo personagem principal é o juiz federal Odilon de Oliveira, de Mato Grosso do Sul, e sua luta contra os narcotraficantes na fronteira Brasil-Paraguai.

O potencial turístico cultural de Mato Grosso do Sul também será apresentado aos participantes do fórum. Boa parte das instalações do Centro de Convenções serão ocupadas com pinturas, esculturas e artesanatos de artistas da terra.

Os organizadores do evento também trarão o elenco internacional da Companhia dell’Opera di Roma, da Itália, para apresentar a ópera In Concert “Madama Butterfly”, de Giacomo Puccini. Haverá apresentações nos dias 12 e 16 de outubro, às 21 horas, com ingressos para a população em geral.

No dia 17 haverá uma cerimônia solene denominada Jantar do Governador. Nessa noite de gala serão homenageados magistrados, operadores da justiça e outras personalidades que perderam suas vidas ou estão ameaçados de perdê-la por serem obstinados em combater o crime organizado, o terrorismo e o narcotráfico.

A programação completa do FOR-JVS está no site: www.for-jvs.org , onde poderão ser feitas também as inscrições.

Fonte: MS Notícias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.