A polícia espanhola disse que deteve 11 homens quando desmantelou duas gangues de proxenetas que forçaram mulheres jovens da Romênia a se prostituírem, ao mesmo tempo que as obrigavam a se casarem com comparsas de países extracomunitários, que assim adquiriam o direito de permanecer na UE.

Um comunicado divulgado nesta segunda-feira pela polícia espanhola disse que as duas gangues de cafetões atuavam nas cidades do sul e leste da Espanha, com centro das operações em Valência e ramificações em Portugal e na Alemanha. Um dos grupos era especializado em falsificar documentos para arrumar casamentos entre mulheres romenas e capangas que geralmente vinham da Nigéria. Isso permitia que os nigerianos, extracomunitários, obtivessem permissão de residência na UE.

A polícia disse que os cafetões recrutavam as mulheres na Romênia e retinham os passaportes das vítimas quando elas chegavam à Espanha. Ela eram obrigadas a trabalhar como prostitutas até “pagarem” as dívidas decorrentes da viagem à Espanha e estadia nos bordeis.

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,espanha-policia-detem-11-por-exploracao-de-mulheres,850476,0.htm

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.