Uma rede de tráfico internacional de pessoas foi desmontada, esta semana, por autoridades federais norte-americanas. Cinco brasileiros, suspeitos de levar imigrantes ilegais aos Estados Unidos, foram detidos em Nova Jersey, Massachusetts e no Texas. Eles viviam ilegalmente no país.

Centenas de imigrantes ilegais eram levados aos EUA pelo grupo, e grande parte é de mulheres que trabalham como dançarinas em clubes de striptease. Segundo os promotores, o grupo cobrava de US$13 mil a US$ 25 mil por cada imigrante que conseguisse atravessar para o território americano através do México, por St. Maarten, pelas Ilhas Virgens ou por  Porto Rico.

Os brasileiros presos podem ser condenados a pagar multas e pegar pena de até 10 anos de prisão. Mark Berman, advogado de defesa do grupo, não quis comentar o caso.

Documentos judiciais mostram que duas rotas principais eram utilizadas: uma via aérea, entre São Paulo e Cidade do México, e a outra via terrestre, de ônibus, ao longo da fronteira com os EUA. A segunda rota era mais cara, feita de avião e por barcos partindo de diversas ilhas do Caribe.

Fonte: http://www.jb.com.br/internacional/noticias/2011/06/15/eua-desmontam-rede-de-trafico-de-pessoas/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.