A ONG “China Labor Watch” (CLW), com sede em Nova York, lançou novas críticas a Samsung, pois o seu fornecedor na China, a empresa HEG Electronics (Huizhou) Co., Ltd., possui práticas predominantes de trabalho infantil, além de horas de jornadas de trabalho além das aceitáveis.

Uma série de empresas estrangeiras foram acusadas nos últimos anos de práticas irregulares de trabalho na China, vista como uma fonte de mão de obra barata. A CLW denunciou que empregados de um fornecedor da Samsung chegam a trabalhar 16 horas por dia, com apenas uma folga por mês.

Em agosto, a CLW denunciou que cerca de sete pessoas com menos de 16 anos estavam trabalhando em um dos fornecedores da Samsung na China. A empresa sul-coreana afirmou que a auditoria não encontrou evidências de trabalho infantil.

Acesse aqui o Relatório de Investigação sobre HEG Electronics (Huizhou) Co., Ltd., Fornecedor da Samsung.

Enhanced by Zemanta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.