Além disso, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) anunciará na Conferência para Combater o Tráfico de Pessoas uma iniciativa conjunta com a União Européia para melhorar a coletânea de estatísticas nacionais sobre esta problemática.

Este fórum servirá de marco à OIT para renovar sua chamada sobre a necessidade de criar uma aliança global contra o trabalho forçado. Entre os principais temas que se abordarão durante o encontro figuram o trabalho forçado e o rol de empregadores e trabalhadores no combate contra o tráfico de pessoas.

Segundo um estudo da OIT, cerca de 2,4 milhões de indivíduos no mundo são vítimas do tráfico de pessoas e são submetidos a trabalhos forçados. Perto da metade, 43%, é explorada sexualmente, 32% é explorada laboralmente. A metade das vítimas é menor de 18 anos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.