Uma lituana levada para a Grã-Bretanha por traficantes de mulheres era obrigada a ter relações sexuais com mais de 200 homens por semana, segundo informou o jornal britânico The Guardian.
A jovem, conhecida como Julie, era aprisionada, espancada e obrigada a prostituir-se por aproximadamente 19 horas por dia, recebendo 800 libras (R$ cerca de 2.590) mensais, de acordo com o tribunal.

Durante 19 meses, a mulher de 23 anos foi vendida de um bordel para outro como uma “valiosa mercadoria”, informou o Ministério Público. Os acusados, Andrius Zubina, 34 anos, e sua mulher, Edita Zubkova, 40 anos, negaram qualquer relação com o tráfico de mulheres para o país europeu.

Apesar de ser vigiada constantemente, Julie conseguiu fugir e, com dinheiro economizado de seu salário, comprou uma passagem aérea e voltou para seu país. O caso ainda está sendo julgado.

Fonte: Terra

One thought on “Mulher era obrigada a fazer sexo com 200 por semana”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.