Salvador/BA – No âmbito da cooperação policial Brasil-Espanha, a Polícia Federal e a Polícia Espanhola (Cuerpo Nacional de Policia), desencadearam hoje, 30/01, a Operação Planeta, com o objetivo de desbaratar organização internacional, com atuação em ambos os países, dedicada à prática de tráfico de pessoas para fins de prostituição.

As ações ocorrem simultaneamente no Brasil e na Espanha, para cumprir, em território brasileiro, dois mandados de prisão preventiva, um mandado de condução coercitiva e três mandados de busca e apreensão. Em território espanhol serão cumpridas prisões, o fechamento de duas casas de prostituição, além da busca e apreensão na casa dos presos e em estabelecimentos.

Cidadãs brasileiras eram recrutadas por aliciadores na cidade de Salvador, com a promessa de trabalho na Espanha. Recebiam do grupo além da oferta de emprego, passagem aérea e dinheiro para despesas pessoais. Ao chegar ao território espanhol, eram surpreendidas e expostas a situação degradante de moradia e trabalho, além de tomar ciência de que a dívida, pré-constituída, seria cinco vezes maior.

O trabalho da Polícia Federal foi motivado por uma denúncia recebida pelo “Ligue 180” da Secretaria de Política Para as Mulheres (SPM), do Governo Federal.
O resultado desse trabalho demonstra a importância da projeção internacional da Polícia Federal por meio de Adidâncias Policiais e Oficialatos de Ligação, o que permitiu uma rápida e eficiente troca de informações, por intermédio de sua Representação na Embaixada do Brasil em Madri, com as autoridades espanholas, para a execução da operação.
Os envolvidos serão indiciados pela prática dos delitos de tráfico internacional de pessoa para fim de exploração sexual e formação de quadrilha, sem prejuízo dos demais delitos constatados ao final da apuração.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.