As promotorias Criminal e da Infância e da Juventude de Registro, no Estado de São Paulo, fizeram um mapa da exploração sexual de menores na região. Segundo o Ministério Público, a polícia cumpriu cinco mandados de busca e apreensão e prendeu seis pessoas, uma mulher e cinco homens, e apreendeu R$ 60 mil.

Uma adolescente que se prostituía foi encaminhada ao Juizado da Infância e da Juventude.O promotor de Justiça da infância e da juventude Yuri Giuseppe Castiglione afirma que as investigações começaram em 2006, após denúncias de abuso sexual de crianças e de adolescentes. “Uma das maiores dificuldades de resolver o problema é que muitos dos menores de idade acham que estão no seu direito de vender seu corpo”, disse.

A partir da liberação dos menores, alguns dos quais também praticam crimes ligados ao tráfico de drogas, o objetivo é reintegrá-los à sociedade através de cursos de profissionalização. As denúncias podem ser feitas de todo o Brasil através do “Disque 100”, número gratuito da Secretaria Nacional dos Direitos Humanos. 

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.