Uma investigação jornalística internacional afirma que o segundo maior banco da Suíça, o Credit Suisse, administra há décadas bilhões de dólares em riquezas ocultas pertencentes a ditadores, violadores de direitos humanos e indivíduos suspeitos de corrupção e outras atividades criminosas – alguns deles de ex-soviéticos repúblicas e estados balcânicos. O Projeto de Reportagem sobre Crime Organizado e […]

Read More