Xangai (China), 18 out (EFE).- Um jovem casal chinês será julgado por tráfico de pessoas em Xangai após vender ilegalmente sua filha, em um caso especialmente escandaloso porque, depois da transação, os pais usaram parte do dinheiro para comprar um iPhone.

Segundo matéria desta sexta-feira do jornal “Jiefang Ribao”, órgão oficial do Partido Comunista da China (PCCh), os pais ofereceram a filha em adoção em troca de dinheiro em um site, e a mãe usou o dinheiro para comprar um iPhone, tênis de marca e outros produtos caros.

Os produtos da Apple são muito populares no gigante asiático, onde os casos bizarros envolvendo a febre com os gadgets são comuns.

No ano passado, a imprensa divulgou o caso de um adolescente que vendeu um rim para poder comprar um iPhone e um iPad.

Após serem detidos, os pais da menina vendida disseram à polícia que, por já terem dois filhos, queriam garantir que a terceira tivesse um futuro melhor do que eles podiam lhe dar. EFE

Enhanced by Zemanta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.