A Universidade Católica de Goiás (UCG), através do Programa Interdisciplinar da Mulher – Estudos e Pesquisas (PIM-EP), da Pró-Reitoria de Extensão e Apoio Estudantil (Proex/UCG), e a Assessoria para Assuntos da Mulher, da Prefeitura de Goiânia, realizam nesta terça-feira, dia 25, às 18h30min, no auditório da Reitoria da UCG, na Praça Universitária, a redonda intitulada “Atitudes que fazem a diferença no combate à violência e ao tráfico de mulheres”. O evento pretende refletir sobre a violência de gênero e apresentar ações concretas desenvolvidas no âmbito da Universidade e da cidade de Goiânia.

A mesa-redonda sobre o tema “Atitudes que fazem a diferença no combate à violência e ao tráfico de mulheres” contará com a participação das professoras Dahlia Rodrigues Oliveira Almeida, que falará sobre “Políticas e ações contra a violência em Goiânia: as ações da Assessoria da Mulher”; Sonia Margarida Gomes Sousa, pró-reitora de Extensão e Apoio Estudantil da UCG, que discorrerá sobre “A Universidade Católica de Goiás e uma abordagem sobre a violência: os programas de extensão”; e Estela Scândola, que abordará o tema “O Tráfico de mulheres: Uma situação de violência de gênero”.

Campanha Mundial

A iniciativa compõe a Campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, que tem por objetivo convocar a sociedade ao comprometimento de atitudes que podem fazer a diferença na vida de mulheres em situação de violência. Essa campanha mundial será realizada deste dia 25 a 10 de dezembro, sendo que no Brasil a iniciativa teve início no dia 20 deste mês, Dia Nacional da Consciência Negra, como forma de destacar a mulher negra, que sofre dupla discriminação: a racial e por ser mulher.

O slogan da campanha brasileira é “Há momentos em que sua atitude faz a diferença. Lei Maria da Penha. Comprometa-se”. O foco da campanha é a Lei nº 11.340/2006, que completou dois anos em vigor e busca conscientizar as pessoas de que, diante de um ato de violência, é indispensável tomar uma atitude: denunciar, apoiar, buscar e oferecer ajuda.

Fonte: DM Online http://www.dm.com.br/ultimas/cidades/114973,ucg_discute_amanha_atitudes_no_combate_a_violencia_e_ao_trafico_de_mulheres

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.